Empresa de SP celebra presença no Digimobi

Marília Notícia - 9|6|2020 
             
Toca Imóveis celebra participação
no maior salão imobiliário do país
 
por Daniela Casale

Toca Imóveis tem promovido digitalização dos negócios (Foto: Daniela Casale/Marília Notícia)
O mundo mudou de uma hora para outra e as pessoas estão aprendendo a se reinventar devido ao isolamento social causado pela Covid-19. Com as empresas não é diferente.
Neste momento, a casa é o lugar que traz mais segurança. Pensando nisso, a Toca Imóveis participou do Digimobi, o maior salão imobiliário do país, 100% digital.
A plataforma utilizou a expertise e o relacionamento das corretoras que integram a Associação Brasileira do Mercado Imobiliário (ABMI), criada há 20 anos para fomento do setor.
Os números apontam que o salão digital veio para ficar e movimentou o mercado imobiliário do país, com ofertas de 46 empresas para venda e locação. O Digimobi aconteceu de 21 de abril a 3 de maio.

Borghette 800.jpg

Roberto Borghette, sócio proprietário da Toca Imóveis, é um dos fundadores da ABMI (Foto: Carlos Rod


A plataforma permitiu ao interessado investir e agilizar, de forma digital, praticamente todas as operações de compra, com a segurança das melhores imobiliárias do Brasil.
Foram gerados milhares de leads – contato inicial com clientes em potencial – e produzidas ofertas de negócios para as imobiliárias filiadas à ABMI, que tem como um de seus fundadores Roberto Borghette, sócio proprietário da Toca Imóveis.
“Com o Digimobi percebemos que podemos movimentar o mercado e buscarmos novas oportunidades. Estamos vivendo um momento em que é preciso se reinventar com muita rapidez, responsabilidade e espírito coletivo”, disse o gerente geral da Toca, Mário Colombo Neto.
Mário Colombo Neto, gerente geral da Toca, disse que Digimobi movimentou mercado imobiliário (Foto: Daniela Casale/Marília Notícia)
O mercado imobiliário não está parado. Pelo contrário, apesar de todas as mudanças econômicas os investidores estão atraídos pelo segmento – tido como mais estável e menos vulnerável às crises.
“A mudança econômica levou a uma nova realidade os juros no país. Isso, junto com a alta volatilidade do mercado financeiro, fez com que os investidores voltassem os olhos para a alocação dos seus recursos em imóveis”, analisou Guilherme Ferrari Neves, gestor de produtos da Toca.
A pandemia acelerou o processo de mudança e transformação digital trazendo à tona um novo método de negócios. Se antes havia alguma resistência, agora todos estão percebendo que se trata de uma necessidade para otimizar o tempo e melhorar as experiências de compra.
“O mercado imobiliário tem se apoiado intensamente nos novos recursos digitais. Essas ferramentas têm proporcionado um encurtamento de distâncias, possibilitando agilizar negociações que antes poderiam levar semanas, mas hoje acontecem em horas,” explicou Guilherme.
A adaptação das pessoas à era digital é um caminho sem volta e é necessário preparação para isso.
“Na Toca não está sendo diferente. A ‘digitalização’ dos nossos negócios foi colocada como prioridade para continuarmos atendendo nossos clientes com excelência por meio de nossos canais de atendimento digital”, falou Mário.
Além de a Toca ter participado do Digimobi, a empresa coloca à disposição do cliente tudo o que há de mais moderno através do aplicativo, assinatura digital e os mais diversos meios de comunicação.
Veja mais notícias:
CLIPPING ABMI.png